Eachine EX 5: clone do Mavic Mini (agora com vídeo)

Eachine EX 5: clone do Mavic Mini (agora com vídeo)

31/07/2020 9 Por redação

Pesando apenas 229 gramas, ele é considerado aqui no Brasil um brinquedo e não precisa fazer cadastro na Anac ou solicitar voo, mas seria uma opção de primeiro drone?

Inaugurando a seção “Meu primeiro drone”, vamos falar sobre um lançamento, o EX 5 da Eachine – uma marca de drones de consumo conhecida por lançar muitos modelos de baixo custo vendendo em grandes volumes.

Tecnologicamente, o Eachine EX 5 provavelmente deva ser uma uma involução do EX 4, este último, pelo menos possuía um gimbal para estabilizar as imagens da câmera.
Como você pode ver na imagem abaixo, o Eachine EX5 copia o design do Mavic Mini em muitos detalhes. Com os braços fechados, a aeronave mede apenas 85 x 140 x 57 mm, com peso de apenas 229 gramas, é 20g mais leve além dos motores, parecidíssimos. Mas a semelhança para por aí:

Diferente do original, ele é ligado por cima.

Câmera:
Possui segundo o fabricante, uma câmera de 4K sem EIS e UHD com EIS (com estabilização eletrônica de imagem) em uma resolução de 3840 x 2160, porém, isso não é garantia que vai entregar uma excelente qualidade de vídeo, pois a taxa de frames é de 25 por segundo.
A câmera pode ser ajustada de 0 a 90 graus via controle remoto e também tem um zoom (digital) de 50x.

Controle remoto:
Controle “padrão baixo custo” – Diferentemente do Mavic Mini, que usa cabo para o controle “conversar” com o aplicativo, no EX 5 a comunicação se faz por WiFi, o usuário poderá escolher dois modelos na versão 2.4G ou 5G, este último se o smartphone trabalhar nessa frequência. O sinal do rádio controle, alimentado por 4 pilhas (AAA) é WiFi 2.4GHz, com alcance de até 1000m: uma distância atingida obviamente longe de regiões urbanas.
A transmissão de imagem para o aplicativo tem resolução de 1080p e dependendo da opção de EX 5 que você for comprar, o máximo de distância que conseguirá ver será 200m (mais barato) ou 1000m (versão top).

Voando (na teoria):
O EX 5 consegue permanecer parado no ar por conta do barômetro para manter a altura, sensores inerciais, bússola e GPS/Glonass. Para os voos indoor, possui “travamento” por fluxo óptico, que é uma câmera que “informa” sua posição em relação ao solo.

Modos de vôo:
-Follow me – indoor (sem GPS) e outdoor (com GPS)
-Waypoint
-Capturas de imagem por gestos
-Surround mode – o conhecido voo orbital
-Headless – ajuda você a trazer de volta, movendo o stick para trás, não importando para qual direção se encontra apontada a aeronave.

Sistemas de sustentação e energia:
Os motores 1406 brushless prometem força suficiente para suportar ventos de até 35 km/h, sua velocidade máxima chega a cerca de 25km/h e as hélices são aparafusadas, muito semelhantes ao Mini da DJI. Já a bateria é uma LiPo de 2200mAh 2S de 7.4V , que consegue manter o droninho no ar por (esperamos que sim) 30 minutos.

Conclusão:
Mais um daqueles drones baratos, onde alguns se destacam pela excelente construção e confiabilidade, porém, com imagens que deixam a desejar. Se for considerado o seu primeiro drone, vale lembrar nesse caso que trata-se de um drone de brinquedo, apesar dos motores brushless, GPS, boa autonomia de voo e ser fácil de transportar, mas tenha ciência que por oitocentos reais não existe mágica e muito menos comparação com a qualidade dos produtos da DJI, por exemplo, principalmente quando falamos de pós venda e suporte.

Fonte: Canal oficial da Eachine no YouTube

NR: Não encontrei referências se aceita cartão SD e suas especificações, nem mesmo imagem da bateria.